terça-feira, 29 de novembro de 2011

3 pedidos à Mim

- Eu preciso de um coração de vidro.
- Eu preciso de um relógio que pare o tempo.
- Eu preciso  não precisar daquele alguém.


Me peça todos os sonhos que não lhe permitiram enviar ao Sul.Me entregue tuas mãos sujas do medo,para
que eu possa guardá-las nos meus travesseiros.Eu limparia teus olhos todas as noites se eu pudesse te segurar.Grita quando o silêncio te sufocar.Tudo em canto criança,tudo em poesia.Então eu te abraçarei quando ninguém estiver olhando,e eu te sussurrarem coisas indefinidas.Tire as asas de baixo da cama.Ponha-as nas costas,e voe.Ah,não tenha receio.Seja,enfim,aquilo que te repreendem por equívocos arrogantes.Tampe os ouvidos,descruze os braços e feche os olhos enquanto teus pés estiverem fora do chão.
E quando estiver lá em cima,acorde.
"- Eu tenho medo de seguir..."

                                  Minha argumentação à minha criança oculta
Nunca me perguntei o que significava toda aquela história que eu não contava pra ninguém.Não existia,mas estava ali - de repente era a minha história -Contada por fatos incompletos,cheios de constrangimento. E era a mesma sensação de mau estar,de repulsa e desordem.Eu nunca me perguntei o que aquilo significava pra mim. Talves fosse um final que nunca terminei de escrever .Talves eu nem mesmo quisesse um final.Então eu me contentava com o drama de estar amargamente satisfeita com as nuvens que não me formavam coisa alguma.Com aquele café que eu sempre deixava pela metade do tempo.Com aquele jeans
que eu gostava de vestir às terças-feiras.Onde eu fui parar meu Deus? No número 32 da Rua Progresso.Que ironicamente,não progrediam nem os átrios.Eu queria era mesmo poder pedir à mim mesmo 3 pedidos.E fugir depois que eles estivessem realizados.
Por enquanto só me peço perdão.Por ter sido tão egoísta com minhas próprias estradas de tijolhos amarelos.Porém,não me peço pasciencia.
Que dela já tenha abusado à tempos.E me exposto ao perigo de não me encontrar na estação Às 17Hrs de uma Terça-Feira.Onde eu estaria ocupada demais sendo hipócrita,e uma boa pessoa.


(Elisama Oliveira)
Postar um comentário